terça-feira, 7 de setembro de 2010

NOVELA: A RAINHA LOUCA (1967)

Autoria: Glória Magadan
Direção: Ziembinski e Daniel Filho
Período de exibição: 20/02/1967 – 16/12/1967
Horário: 21h30
Nº de capítulos: 215


Inspirada em Memórias de um Médico, de Alexandre Dumas, a trama se desenvolve em meio às guerras de anexação travadas por Napoleão III. Mostra o drama de Charlote (Nathalia Timberg), filha do rei da Bélgica e esposa de Maximiliano (Rubens de Falco), imperador francês no México. Ela acaba enlouquecendo quando percebe que seus esforços para intervir nas atitudes e decisões do marido são em vão.

Originalmente, a novela seria ambientada no século XVIII. Por sugestão de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, a história acabou sendo transposta para o século XIX. Em função disso, a autora teve que fazer algumas adaptações na trama. Na versão original, o imperador Maximiliano era o rei Luís XVI da França e Charlote era Maria Antonieta.

Em junho de 1967, a novela iniciou uma nova fase, quando Daniel Filho assumiu a direção.

A atriz Nathalia Timberg passou a interpretar um segundo papel, o de uma criada perversa.

As cenas externas foram gravadas no México, complementadas por imagens feitas no Parque Lage, no Rio de Janeiro. Pela primeira vez um grupo de atores, diretores e produtores seguia para outro país com o objetivo de obter imagens que dessem maior veracidade à história.

Os dois personagens vividos por Nathalia Timberg dialogavam na mesma cena, o que era considerado uma inovação técnica na época.

A novela obteve enorme sucesso de público e marcou a estréia de Paulo Gracindo e Zilka Sallaberry em novelas da TV Globo.

A Rainha Louca levou o troféu Procópio Ferreira, instituído pela extinta TV Excelsior, de melhor guarda-roupa no então Festival de Novelas de 1967. Os figurinos eram de Arlindo Rodrigues.

Elenco: Adriana Prieto, Amilton Fernandes (Xavier), Carlos Eduardo Dolabella, Celso Marques, Cláudio Marzo (Robledo), Daniel Filho, Diana Morel, Gracindo Júnior, Ida Gomes, Ítalo Rossi, Jaime Barcellos (Fernando), José Augusto Branco, Karin Rodrigues, Leila Diniz (Lorenza), Leina Krespi, Nathália Timberg (Imperatriz Charlote), Paulo Araújo, Paulo Gracindo (Demétrius), Rubens de Falco (Imperador Maximiliano), Thereza Amayo (Maria de Las Mercês), Ziembinski (Zacarias), Zilka Salaberry (Condessa).

Nenhum comentário:

Postar um comentário